O NASCIMENTO DE UMA IGREJA: 1ª IPB de Resplendor

Era 1915 e residia num lugar denominado Pedra da Vaca, hoje Vala do Rufino, o Sr. Sergio Lopes, que se convertera na Igreja Presbiteriana de Carangola/MG. Já na cidade de Mutum, por falta de trabalho presbiteriano, recebera o batismo na Igreja Batista daquela cidade. Da Pedra da Vaca vinha constantemente à Resplendor, onde encontrou um crente Batista que residia na turma da E.F. próximo a Santaninha. Na residência desse crente dirigiu o primeiro culto evangélico em Resplendor no lugar denominado Caixa D' Água. Naquele ano o Rev. Otávio de Souza, Pastor da Igreja de Figueirinha do Rio Doce, atendendo à insistência de D. Maricota, membro da Igreja de Figueirinha do Rio Doce, veio a Resplendor a fim de evangelizar o Sr. Ricardino de Castro, vulgarmente conhecido por Sr. Bote. O Rev. Otavio de Souza foi portador de uma longa carta escrita por D. Maricota dirigida ao seu irmão, na qual pedia hospedagem ao Rev. Otavio e o apoiasse em seus trabalhos na cidade de Resplendor. Após ler a carta, disse o sr. Bote ao Rev. Otavio: "Reverendo, sua vinda aqui sem duvida alguma é motivo de alegria para mim, e tenho o máximo prazer em conceder-lhe hospedagem, mas somente hospedagem; pois sou atualmente o sacristão da Igreja Romana que fica um pouco acima de Resplendor" (Santaninha).



O Rev. Otavio procurou uma sala onde realizaria os trabalhos, fez ele mesmo os convites para o culto à noite (procurando as pessoas de maior influência no lugar, como o Cel. João Marcelino) e colheu os resultados, pois o culto foi muito concorrido, a salinha encheu-se e na rua o número de assistentes foi muito grande. Sobre aquele dia escrevera o Rev. Otávio: "Em vista da ignorância, fui obrigado a explicar a razão do culto espiritual e a maneira de adorar a Deus com louvores, orações e leitura das Sagradas Escrituras. Todas as explicações foram dadas com a maior clareza possível a fim de alcançar a compreensão do auditório. Desde o começo do culto, entreguei minha alma a Deus, pois o murmúrio que eu ouvia da assistência de fora era que uma bala custava apenas um tostão e por este preço daria cabo do agitador de religião". O primeiro culto de nossa igreja foi realizado na casa do Sr. Manoel de Assis, vulgarmente conhecido por Neca Padeiro, em frente ao Templo atual, hoje ocupado pela Casa Guerra. Até mesmo o Cel. João converteu-se.


Foi o Cel. João que passou a cooperar com o trabalho Presbiteriano, concedendo licença para ocupar a sala da escola da sua propriedade, hoje de propriedade do Sr. Josefino Mendes (06/1917). Os primeiros assistentes do trabalho foram as famílias do Sr. Sergio Lopes e Gomes. A Congregação funcionou nessa casa até a inauguração do Templo em 1920. A 1ª IPB Resplendor foi organizada em 02/07/1922 pelo Presbitério Espírito Santo-Minas, representado pelo Rev. Juvenal Vieira Batista e o Presb. Manoel Francisco Santos. Foram arrolados naquela ocasião 77 irmãos em Cristo e desde aquele dia perseveramos como a Igreja Primitiva.


Agradecemos a todos os irmãos que contribuíram para que o histórico da 1ª Igreja Presbiteriana de Resplendor estivesse rico em detalhes de uma história que, sem dúvida alguma, Deus construiu por meio de homens e mulheres santos.

De acordo os documentos que dispomos, a Igreja Presbiteriana de Resplendor foi organizada pelo Presbitério Espírito Santo-Minas em 02 de julho de 1922. Foram nomeados para este ato o Rev. Juvenal Vieira Batista e o Presbítero Manoel Francisco Santos, ambos pertencentes a Igreja Presbiteriana de Figueira do Rio Doce. Naquele dia alegre foram arrolados 77 irmãos.


1. PASTORES:

Durante 88 anos de história organizada vários homens de Deus pastorearam a igreja juntamente com o Conselho. Os pastores efetivos e eleitos são: Rev. Juvenal Vieira Batista (1922); Rev. Mario Neves (1923); Rev. Apolinário Satler (1924-1925); O livro de atas que descreve o período entre 1926 a 1932 perdeu-se. Rev. Sinval Filgueira de Morais (1933-1951); Rev. Josias Rosa (1952); Rev. Carlos Chagas (1953-1954); Rev. Josias Rosa (1955-1956); Rev. Antônio Nunes de Carvalho (1957); Rev. Dr. Paulo Santos Ferreira (1958-1959); Rev. Samuel José de Paula (1960). Rev. Abel José de Paula (1961-1963); Rev. Ely de Souza Borges (1964-1965); Rev. Salvador Gomes Ganhoto (1966-1973); Rev. Manoel Lopes da Silva (1974); Rev. Levi Gomes Santana (1975-1977); Rev. Samuel Mendes de Morais (1978-1979); Rev. Josué Dias de Paula Madruga (1981); Rev. Jurandir Storck (1982-1986); Rev. Darcílio Eduardo César (1987); Rev. Josué Dias de Paula Madruga (1988-1989); Rev. Manoel Lopes da Silva (1989); Rev. Jackson Lombard Garcês (1991-1995); Rev. Alberto Ferreira Celestino (1996); Rev. José Carlos Barbosa e Rev. Alberto Ferreira Celestino (1997); Rev. João Batista Landim (1998-2009); Rev. Ângelo Vieira da Silva (2010).

2. PRESBÍTEROS:

Desde a ordenação e investidura dos primeiros presbíteros (João José Eller; João José de Paula; Sebastião Alves Ferreira), Deus levantou muitos irmãos que auxiliaram os pastores na administração da Igreja. Hoje, compõe o Conselho os presbíteros Ilson Velasco de Souza (Vice-presidente), Armando Mutz (1º secretário), Ademilson R. Alves (2º secretário), Hélio Corrêa da Silva, José Francisco Velasco de Souza, Reginaldo F. Gomes, Robson Scherre Bonisson e Trazilbo José de Paula. Honra-nos a destra de companhia dos Presbíteros Eméritos Airton Bonisson e Vaceny C. de Andrade.

3. DIÁCONOS:

A Junta Diaconal de nossa igreja iniciou suas atividades com o serviço dos irmãos ManoeI Luiz de Magalhães, Antônio José de Paula e Salustiano José de Paula. Atualmente, compõem o quadro de Diáconos em nossa igreja os irmãos Cássio R. L. de Oliveira (Presidente), Fábio Alves Martins (Vice-Presidente), Samuel Preisisgke de Araújo (1º secretário), Airton Bonisson Júnior e Luiz Mariano Neto.

4. MEMBROS FUNDADORES:

Na organização de nossa igreja foram arrolados como membros seguintes irmãos (as): ManoeI Bandeira; João José De Paula; José Antônio Da Silva; Alcides De Souza Lopes; Antônio José De Paula; Sebastião Alves Ferreira; Eugênio Storck; José Soares Da Silva; Salustiano José De Paula; Manoel Luiz De Magalhães; Francisco José Bento; Francisco Alves; Pedra Pereira Gomes; Joaquim Gomes; Antônio Pereira Gomes; João Marcelino De Oliveira; Joaquim Pereira Sodré; Prudenciano Sodré; Raimundo José Alves; Aristides Bragança; Joaquim Antônio Da Silva; João Marques; João José Eller; Sózimo Eller; Júlio Eller; Ludorico Eller; Júlio Eller; Ludorico Eller; Alfredo Gomes; Eulália De Paula; Maria André; Salustiana Custódio Da Silveira; Francisca Magdalena Gomes; Ana Maria Lopes; Leonor Silva; Silvia Crescência Dutra; Julia Antônia Da Silva; Izabel Storck; Pantida Storck; Maria Custódia De Paula; Maria Izabel De Magalhães; Clara Shcomaker; Dorvina De Oliveira; Lucília De Oliveira; Larcy De Vargas Paula; Ana Clara Do Espírito Santo; Maria Gomes; Maria Magdalena Gomes; Eudorica G.; Maria Píres; Carolina Gomes; Blandina Alves; Darcília Sodré; Georgina Bragança; Jovita Augusta Da Silva; Malvina Augusta De Medeiros; Laurinda Marques; Georgina Cardoso Eller; Maria Louback Eller; Eulália Eller; Antônio Leandro De Faria; Conceição França Da Silva; Paula França Da Silva; Sebastião Lopes; Minervina Lopes; Manoel Sant'ana Filho; Fronteira Maria Teodoro; Esmeralina Emiliana De Faria; José Francisco De Souza; Cecília Lopes; ManoeI Moreira Maia; José GabrieI Henriques; Higino Alves Berbert; Justiniano José Alberto; Evangelina Maria De Jesus; Maria Joaquina Da Conceição.

Veja Algumas fotos antigas: