Blog de Ângelo Vieira da Silva, Marido da Keila, pai do Rafael. Cristão Calvinista, Pastor Presbiteriano. Pesquisador dedicado. Cruzeirense e Gamer de clássicos.

POR QUE É IMPORTANTE PLANEJAR?



Nesta quinta-feira realizaremos nossa primeira reunião de planejamento. Pense: por que é importante planejar? Os mais esclarecidos poderão questionar se tal método é aplicável à Igreja de Jesus. Dirão: “Ora, se vivemos por fé, para que planejar? Deus é soberano, deixe-O agir como quiser!”. São questionáveis tais palavras à luz das Escrituras Sagradas. Vejo elementos no planejamento estratégico que podem contribuir para o desenvolvimento do Reino de Deus, notando-o, claramente, na Bíblia. 

No evangelho de Lucas Jesus conta uma parábola propícia a importância do planejamento. Vejamos alguns princípios demonstrados: 

1. Planejamento é para pessoas comuns empreendedoras.

Empreender é o mesmo que por em execução algo difícil. O que pode ser mais complexo do que tornar o sonho uma realidade? Não são apenas os administradores públicos (os reis do texto, Lc 14.31) que devem empreender. Jesus disse: “pois qual de vós”. Qualquer pessoa pode empreender com planejamento. Basta ter força e competência para concretizar o abstrato, trazer a existência o que se viu na mente. É Deus quem opera em nós tanto o querer como o realizar. Ele escolherá as coisas loucas desse mundo para demonstrar seu poder através dos feitos de Sua Igreja. 

2. Planejamento requer um objetivo bem definido.

Em que os empreendedores do texto estão focados? Na construção de uma torre (Lc 14.28) e na elaboração de uma guerra (Lc 14.31). Todas as ações precisam estar em consonância com o alvo e o nosso é límpido como á água: a glorificação do nosso Senhor. 

3. Planejamento visa o sucesso e não a vergonha.

Jesus foi bem claro ao enfatizar que os planos elaborados eram para verificar os meios para concluir uma obra ou a vitória em uma peleja. Sem planejamento a frustração poderá chegar mediante uma torre apenas com alicerces (Lc 14.28-29) ou uma guerra, perdida ainda de longe (Lc 14.32). 

Não queremos os homens zombem da sabedoria que Deus nos dá. Não queremos ser achados imprudentes nas metas que estipulamos diante de Deus. Então, planeje certo que Deus o honrará. Lembre-se: “o coração do homem pode fazer planos, mas a resposta certa dos lábios vem do SENHOR” (Pv 16.1); e mais: “os planos do diligente tendem à abundância, mas a pressa excessiva, à pobreza” (Pv 21.5).

Rev. Ângelo Vieira da Silva
Compartilhar no Google Plus
    Blogger Comentario

0 comentários:

Postar um comentário

Comente essa postagem aqui:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial