Blog de Ângelo Vieira da Silva, Marido da Keila, pai do Rafael. Cristão Calvinista, Pastor Presbiteriano. Pesquisador dedicado. Cruzeirense e Gamer de clássicos.

POESIA "MÃE E MULHER DE DEUS"


Em homenagem a todas as mulheres que labutam entre tristezas e alegrias na missão de serem mães, dedico essa poesia que, recentemente, recuperei de meus antigos arquivos. Eu a fiz por volta de 2003. Enfim, o Salmo 113.9 declara que o Senhor faz que a mulher estéril viva em família e seja alegre mãe de filhos. Aleluia! Parabéns a todas as mamães pelo seu dia!

*


Assim como a nuvem, singela voadora
Assim como o vento, que a leva onde quer
Assim é aquela, tão bela adoradora
Do Deus vivo, uma sábia Mãe e Mulher...

* *


Assim como a Rosa, terna, suave
Assim como o Lírio, lindo, bonito
Assim és tu,  ó pequena de Deus,
No jardim do Senhor todo florido...

* * *

Assim como o brilho que emana estrelar
Assim como paz que ecoa no mar
Assim como és, admiro-lhe pequena,
Por frutos de santidade,
Ó pequena serena!

* * * *

Assim como a Trindade d’ocê requer
Assim na santidade anda a Mulher
Assim segue a passos com Deus
– Ele isto quer!
Sejas tu,
Mulher de Deus,
Ó pequena mulher!

Rev. Ângelo Vieira da Silva

Compartilhar no Google Plus
    Blogger Comentario

0 comentários:

Postar um comentário

Comente essa postagem aqui:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial