Blog de Ângelo Vieira da Silva, Marido da Keila, pai do Rafael. Cristão Calvinista, Pastor Presbiteriano. Pesquisador dedicado. Cruzeirense e Gamer de clássicos.

AS TORRENTES NO DESERTO DO NEGUEBE


O Salmo 126 descreve o alcance da restauração que Deus pode proporcionar ao seu povo. Esse é um revigorar grandioso reconhecido pelas nações. Assim, Sião fica como quem sonha; sua boca se enche de riso/alegria e a sua língua de júbilo.

Destaca-se nessa porção o verso quatro: "Restaura, SENHOR, a nossa sorte, como as torrentes no Neguebe". Certamente, essa região desértica ao sul da Judéia pode oferecer uma representação da restauração divina sobre Israel, pois até mesmo o mais árido deserto pode ser convertido em mananciais de águas cristalinas. A morte pode dar lugar a vida.

Veja o vídeo abaixo (e matéria do G1). Entenda como o renascimento de um rio da região do Neguebe é instrutivo para o povo de Deus.



Por isso, Sião reconhece: "Os que com lágrimas semeiam com júbilo ceifarão. Quem sai andando e chorando, enquanto semeia, voltará com júbilo, trazendo os seus feixes".

Rev. Ângelo Vieira da Silva



Compartilhar no Google Plus
    Blogger Comment

2 comentários:

  1. Pastor boa noite, eu vi seu material sobre a bíblia do cético, eu tive acesso a esse material deles, e fiquei triste com as bobagens deles, eles nos afrontam e dizem que devemos testar nossas convicções , e quando fui indagada não sabia como refurtar , sou evangélica desde d pequena e não tenho duvidas da minha fe , mas não me sinto bem em não saber a responder eles.. Se o senhor puder faca uma publicação refutando e contextualizando as blasfêmias que eles dizem lá. Desde já agradeço

    ResponderExcluir
  2. Olá Raquel, fiz uma resposta no post cujo o link está a seguir. Infelizmente, qualquer resposta é irrefutável na perspectiva de um cético. Porém, para ti, eis a outra perspectiva dos sentidos dos textos abordados. Abraços. Link: http://revavds.blogspot.com.br/2012/04/biblia-do-cetico-da-para-responder.html

    ResponderExcluir

Comente essa postagem aqui:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial