1ª IGREJA PRESBITERIANA DE RESPLENDOR: 90 ANOS DE HISTÓRIA


“7 dias de gratidão por 90 anos de organização”, foi com esse tema que a Primeira Igreja Presbiteriana de Resplendor comemorou na última semana sua presença significativa em nossa querida cidade. Antes mesmo de dois de julho de mil novecentos e vinte e dois (data da organização eclesiástica) essa obra fora iniciada. Sete anos antes, em mil novecentos e quinze, do local denominado Caixa d’água nasceria a primeira igreja protestante do município; do aglomerado de Sataninha surgiria a Primeira Igreja Presbiteriana da cidade. E declaramos: “Bendito seja o Senhor, Deus de Israel, da eternidade para a eternidade! Amém e amém!” (Sl 41.13).

As lembranças dos primeiros cristãos desta Casa de Oração resultaram em ações múltiplas de graças. A compreensão que o Senhor sustenta seu Rebanho foi renovada. A certeza que Jesus cuida de sua Noiva revigorada. Assim, em sete dias, oito cultos e um jantar próspero celebrou-se o nonagésimo aniversário da Igreja.


Iniciei os eventos diante de Deus na segunda-feira com o Conjunto Coral e a Equipe de louvor de nossa Igreja. Nada mais coerente. A mensagem do dia foi fundamentada em I Tm 3.14-15: “Escrevo-te estas coisas, esperando ir ver-te em breve; para que, se eu tardar, fiques ciente de como se deve proceder na casa de Deus, que é a igreja do Deus vivo, coluna e baluarte da verdade”. Deus falou.

Na teça-feira o Rev. Daniel Zampa, pastor da Igreja filha, a segunda Presbiteriana de Resplendor, ministrou ao coração do povo juntamente com sua Equipe de louvor e a solista Sofia. O Senhor reservou o texto de Jr 29.10-14 para a edificação da Igreja: “Assim diz o SENHOR: Logo que se cumprirem para a Babilônia setenta anos, atentarei para vós outros e cumprirei para convosco a minha boa palavra, tornando a trazer-vos para este lugar. Eu é que sei que pensamentos tenho a vosso respeito, diz o SENHOR; pensamentos de paz e não de mal, para vos dar o fim que desejais. Então, me invocareis, passareis a orar a mim, e eu vos ouvirei. Buscar-me-eis e me achareis quando me buscardes de todo o vosso coração. Serei achado de vós, diz o SENHOR, e farei mudar a vossa sorte; congregar-vos-ei de todas as nações e de todos os lugares para onde vos lancei, diz o SENHOR, e tornarei a trazer-vos ao lugar donde vos mandei para o exílio”.

Com o advento da quarta-feira a mensagem ministrada pelo Rev. Welington Alves do Santos, Pastor da Igreja Presbiteriana de Mutum/MG, foi edificante. Alicerçado em At 5.40-42 (17-42) aprendemos o necessário para fortalecermos nossa alegria na presença de Deus: “Chamando os apóstolos, açoitaram-nos e, ordenando-lhes que não falassem em o nome de Jesus, os soltaram. E eles se retiraram do Sinédrio regozijando-se por terem sido considerados dignos de sofrer afrontas por esse Nome. E todos os dias, no templo e de casa em casa, não cessavam de ensinar e de pregar Jesus, o Cristo”. O Projeto “A” Positivo conduziu a Igreja à adoração na quarta e sexta-feiras. Edificante.

O Presidente do Supremo Concílio da Igreja Presbiteriana do Brasil, o Rev. Roberto Brasileiro da Silva, ministrou a Palavra de Deus a nossa amada igreja na quinta-feira. Certamente, um momento ímpar em nossa história. Sua exposição no Sl 112 revelou os motivos que a Igreja possui para agradecer a Deus. “Aleluia! Bem-aventurado o homem que teme ao Senhor e se compraz nos seus mandamentos”.


Na sexta-feira a programação continuou com a presença do Rev. Bruno Henrique Mota, Pastor da Igreja Presbiteriana de Baixo Guandu. A partir de Ne 2.11-20 Deus muito nos exortou sobre a necessidade de restauração. O Deus dos céus nos dará bom êxito!


Sábado e Domingo nos alegramos diante de Deus com a presença do Rev. Salvador Gomes Ganhoto, Pastor da Igreja Presbiteriana de São João da Boa Vista/SP, do Ministério AInew, de Cuparaque/MG e do Conjunto Coral da Primeira Igreja Presbiteriana de Colatina/ES.



Deus nos abençoou tremendamente com estes amados irmãos. Jesus, a Luz do Mundo, o desenvolvimento da Salvação e a medida de Deus foram os temas abordados nestes últimos dias. Os solos das irmãs Nayana e Nayara, do trio Carla Abreu-Raísa Zan-Alex Zan e do irmão Jáder complementaram a canção de gratidão que cada um entoava com sua vida.


Enfim, sou grato a Deus por tudo. Estou feliz! É maravilhoso destacar o que poucos puderam perceber, se puderam. Vi irmãos e irmãs servindo com alegria nos bastidores da grande festa de gratidão promovida. Dedicaram tempo carregando cadeiras e servindo mesas, cozinhando delicias diversas, ornamentando com arte apurada, abraçando visitantes, enfim, se alegrando intensamente. Este é o ponto. Os cultos só representaram em adoração o serviço e a comunhão desta igreja amada.

Há 90 anos atrás nossa querida Igreja era organizada sobre a direção do Presbitério Minas-Espírito Santo, tendo arrolados como membros setenta e sete irmãos em Cristo. Nos dias de hoje somos parte integrante do Presbitério de Resplendor e, juntamente com quatro congregações (Nicolândia, Sossego, Calixto e Areia Branca), somos trezentos e quarenta e nove irmãos e irmãs em Jesus. Parabéns, Primeira Igreja Presbiteriana de Resplendor!

Rev. Ângelo Vieira da Silva
Pastor da Igreja




1 comentários:

Comente essa postagem aqui:
EmoticonEmoticon