COMO AS MULHERES NOS SURPREENDEM?

As mulheres nos surpreendem positivamente; seja nos relacionamentos, na cozinha, no trabalho, na igreja, elas nos surpreendem em qualquer lugar; causam boa surpresa, nos faz muito bem admirá-las, maravilhamos com suas atitudes... Em um cenário onde os homens se encontravam atordoados pela morte de seu Mestre e pelas possíveis perseguições que sobreviriam sobre eles, as mulheres surpreenderam; fizeram isto indo de madrugada ao túmulo de Cristo e, não achando o corpo do Senhor, afirmando terem tido uma visão de anjos, os quais afirmaram que Jesus vivia. Aleluia! JESUS CRISTO VIVE E SALVA! Isso não é surpreendente?

Está chegando o dia da mulher presbiteriana. Nada mais propício do que falar um pouco do tema que nossas mulheres meditaram recentemente, no quadriênio anterior: MULHERES QUE SURPREEDEM (Lc 24.22).*

As mulheres são instrumentos de Deus em nossa igreja. Elas têm se colocado nas brechas... Têm procurado realizar a vontade do Senhor. Neste dia tão especial, nós desejamos que as mulheres presbiterianas continuem a ser:

1) EVANGELISTAS:

Vivam missões, mulheres! Orem, abençoem, contribuam com a evangelização. Evangelizar é um ato de duas verdades: disposição e ação. Lembrem-se que aquelas mulheres em Lucas 24 estavam bem dispostas, pois, ao acordarem de madrugada, foram cuidar de seu Senhor. É verdade que Paulo nos ensina que nem o que planta, nem o que rega é alguma coisa, pois é Deus quem dá o crescimento (I Co 3.7); mas é bem verdade que Ele nos chamou para esta tarefa, porque ai de mim se não pregar o evangelho (I Co 9.16).

2) MISERICORDIOSAS:

O dom da misericórdia é demonstrado através de uma consciência social, ou seja, você, mulher presbiteriana, será misericordiosa ao ajudar os carentes, orar pelos enfermos, visitar os órfãos e viúvas, auxiliá-los em suas necessidades. Lembre-se: devemos chorar com os que choram, alegrar com os que se alegram (Rm 12.15).

3) SÁBIAS:

A Palavra de Deus diz que a mulher sábia edifica a sua casa (Pv 14.1). Esta verdade ocorre quando você, mulher presbiteriana, sempre apresentar sua família diante de Deus, como planejada por Ele. Sabe, nossa própria casa é como uma igreja que precisa ser pastoreada todos os dias, regada pela vida devocional de seus componentes. 

4) RELACIONAIS:

Procurem ser relacionais, mulheres presbiterianas! Não façam “panelinhas”! Nem grupos! Promovam o bem-estar interpessoal. Na igreja a comunhão é fundamental. Por isso, busquem a união fraternal!

Agradecemos a Deus por nossas mulheres. Nosso desejo é que as mulheres presbiterianas sejam verdadeiramente nossas auxiliadoras em tudo!

Rev. Ângelo Vieira da Silva

__________________________
*Artigo originalmente publicado na "SAF em Revista".

Comente essa postagem aqui:
EmoticonEmoticon