MULHERES QUE SURPREENDEM

‘É verdade também que algumas mulheres, das que conosco estavam, nos surpreenderam, tendo ido de madrugada ao túmulo’’ (Lc 24.22).

As mulheres nos surpreendem positivamente. Seja nos relacionamentos ou no trabalho, na igreja ou nas tarefas domésticas, elas podem nos surpreender em qualquer lugar e tempo, causando boa surpresa e, assim, nos faz muito bem admirá-las e nos maravilharmos com suas atitudes de amor.

Ora, em um cenário onde os homens se encontravam atordoados pela morte de seu Mestre e pelas possíveis perseguições que sobreviriam sobre todos os discípulos, as mulheres, mais uma vez, surpreenderam. Como? Em meio ao temor de muitos, elas foram ao túmulo de Cristo pela madrugada e, não achando o corpo do Senhor, corajosamente anunciaram a visão que tiveram de anjos, os quais afirmaram que Jesus vivia. Aleluia!

Não é diferente hoje, em mais uma oportunidade de regozijo das santas mulheres de Deus, discípulas do Senhor. Comemoramos o aniversário de organização de nossa Sociedade Auxiliadora Feminina. São muitos anos se colocando nas brechas, procurando realizar a vontade do Senhor. Portanto, neste dia tão especial, compartilho com nossas irmãs esta breve pastoral, desejando que as surpreendentes mulheres presbiterianas continuem:

(1) SURPREENDENDO NO EVANGELISMO. Vivam missões, mulheres! Orem e contribuam com a Grande Comissão. Evangelizar é um ato de duas verdades: disposição e ação. Lembre-se daquelas mulheres citadas Lucas 24, bem dispostas, acordando de madrugada para cuidar de seu Senhor. É verdade que Paulo nos ensina que nem o que planta, nem o que rega é alguma coisa, pois é Deus quem dá o crescimento (1 Co 3.7); porém, é bem verdade que Ele nos chamou para essa tarefa, porque ai de nós se não pregarmos o evangelho (1 Co 9.16). Surpreenda!

(2) SURPREENDENDO NA MISERICÓRDIA. O dom da misericórdia é demonstrado através de uma consciência social, ou seja, você, mulher presbiteriana, será misericordiosa ao ajudar os carentes, orar pelos enfermos, visitar os órfãos e viúvas, auxiliá-los em suas necessidades. Lembre-se: devemos chorar com os que choram e nos alegrarmos com os que se alegram (Rm 12.15). Surpreenda!

(3) SURPREENDENDO NA SABEDORIA. As Sagradas Escrituras revelam que a mulher sábia edifica a sua casa (Pv 14.1). Cumpre-se tal verdade quando você, mulher presbiteriana, sempre apresenta sua família diante de Deus em oração. Nossa própria casa é como uma igreja que necessita ser cuidada todos os dias, regada pela vida devocional de cada um de seus membros. Lembre-se, portanto, do hino ‘‘Aspiração Feminina’’, “nós crentes redimidas, depomos nosso lar, e as nossas próprias vidas, perante o teu altar”, e “sê tu uma bênção!” (Gn 12.2). Surpreenda!

(4) SURPREENDENDO NA COMUNHÃO. Sejam companheiras, mulheres presbiterianas! Sejam auxiliadoras! Jamais permitam as terríveis “panelinhas”, grupos que promovem a divisão. Pelo contrário, na busca pela verdadeira união fraternal, diligenciem o bem-estar interpessoal, pois, na igreja, a comunhão é fundamental, uma santa obrigação de todos. Surpreenda!

Enfim, reconheço que as mulheres que assim procedem sempre nos surpreenderão positivamente. Agradeço a Deus pela vida das mulheres de nossa igreja, lembrando seu próprio moto: “sejamos verdadeiras auxiliadoras, irrepreensíveis na conduta, incansáveis na luta, firmes na fé, vitoriosas por Cristo Jesus”.

Rev. Ângelo Vieira da Silva

Comente essa postagem aqui:
EmoticonEmoticon